27 de abr de 2010

E a (sua) vida continua...

E então veio o primeiro grito. E o segundo. E o terceiro. A garganta rasgava a cada esforço. Gritou até que o sangue começasse a fluir junto com a voz. Pedi que com o sangue saísse a alma. Pedi que os meus cortes fossem tão profundos quanto os seus. O quarto tremeu. Eu tremi. A sanidade fora embora. Trocara de lugar com o amor. Trocara de lugar com a tinta. Com as letras. Com o sangue. Dor. Dor de um corpo que se batia. Osso. Pele. Carne. E se ele pulasse? E se se jogasse da escada? Do prédio? E se caísse do céu? Alguém sentiria falta? Você sentiria falta? Faria alguma diferença na sua rotina? No seu café com leite? Na sua cama com sabe-se lá quem? A loucura é individual. A morte também. Meu nariz de palhaço está no chão. Minha adaga também. Sua porta apodrece fechada. Minha porta morre aberta. Não importa se não faz sentido. Não importa se dói. Só me importa se é real. Será que isso ainda me importa?

6 comentários:

jefhcardoso disse...

Will, pensei em uma maneira de falar e homenagear a todos que tanto vêm me incentivando com o carinho e apoio que me doam.
Escrevi uma crônica pensando em nós blogueiros. Falei sobre o que penso ser o blog para nós. Você pode concordar ou discordar; pode também acrescentar; mas não deixe de opinar. Leia e entenderá por que a sua opinião é indispensável para mim e para todos blogueiros.

Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Laura disse...

Gostei muito, uma coisa assim, meio insana adoro isso.
Sempre importa!

Beijos

Quantas pessoas fazem você se sentir especial? disse...

Um dia minha vó me disse: Não importa o quanto doa, quem causou a dor não vai parar de viver para lhe ajudar a levantar. E dai que eu tento não pedir ajuda.
Belo texto, bjks, estou lhe seguindo.

Quantas pessoas fazem você se sentir especial? disse...

Amo ler cada texto, frase ou ver as fotos de cada blog, mas o seu blog me identifico com todas as suas palavras!
Parabéns pela escrita perfeita que me contagia a cada estrofe.
Beijokas e ainda estó lhe seguindo. Vê se me faz uma visitinha, sei que não sou tão boa quanto você, mas tenho certeza que de algo que eu escrevi alguma coisa você tem que gostar.
Até....minha próxima visitinha.

Carla disse...

e texto lindo! (;

Carlos Leite disse...

O seu blog é fantástico! Ainda não consegui formar uma opinião completa sobre si... Ainda não li tudo, mas do que li, está óptimo!!! Muitos parabéns e, obrigado por partilhar connosco a sua arte!
Se me permitir gostaria imenso de seguir o seu blog.
Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com